Palácio Quitandinha

Foi construído em 1944 por Joaquim Rolla e Antonnio Faustino para ser o maior hotel e cassino da América Latina. Seu estilo arquitetônico utiliza o rococó hollywoodiano (internamente) e o normando-francês (externamente). O último estilo é bastante presente na arquitetura de Petrópolis devido à colonização alemã.

Interior do Quitandinha

Possui 50 mil metros quadrados e seis andares, divididos em 440 apartamentos e 13 grandes salões com até 10 metros de altura. A cúpula do Salão Mauá é a maior cúpula em concreto mundo, medindo 30m de altura e 50m de diâmetro. Na construção do lago foi usada uma grande quantidade de areia da praia de Copacabana.

Em frente ao hotel Quitandinha, existe um lago em formato do mapa do Brasil, mas de cabeça para baixo em relação a posição do hotel. A região Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul ficam do lado esquerdo do lago, no meio do lago á um bico que pertence a Região Sudeste, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, já a parte direita está região Nordeste. O farol no mapa representa a Ilha de Marajó.

Passaram por seus salões estrelas do porte de Errol Flynn, Orson Welles, Lana Turner, Henry Fonda, Maurice Chevalier, Greta Garbo, Carmen Miranda, Walt Disney, Bing Crosby e até um rei destronado (Carol II da Romênia). E políticos como Getúlio Vargas e Evita Perón, quando da Conferência Interamericana de 1946, bem como o presidente dos Estados Unidos da América, Harry S. Truman no ano de 1947.

A a partir da década de 1960, por conta da proibição de casinos no Brasil, Quitandinha passou a ter dificuldades para sobreviver somente como hotel. Seu alto padrão exigia alto custo a seus hóspedes e sem o casino começou a perder para concorrentes da época localizados mais próximos das classes mais abastadas e das maiores esferas de poder, como o Hotel Glória e o Copacabana Palace Hotel. Em 1962 o Palácio Quitandinha deixava de funcionar como hotel.

Seus apartamentos foram vendidos por Joaquim Rolla a partir de 1963, e o famoso hotel tornou-se então um sofisticado e singular condomínio na cidade de Petrópolis. Sua parte social de lazer e eventos foram agregados ao Condomínio.

Atualmente o Condomínio possui parque privativo, paisagístico, piscinas, boliche, patinação no gelo, teatros, seu lago no formato do Brasil e restaurantes. Sua administração da área social e histórica fora terceirizada ao SESC.

O Palácio Quitandinha ainda é conhecido como o maior e mais legítimo palácio do Brasil e, ao lado do Colón (Argentina), como os maiores da América Latina.

Casa do Fachoalto

Author Casa do Fachoalto

More posts by Casa do Fachoalto

Leave a Reply